A longa vida dos japoneses

A longa vida dos japoneses

Ter uma vida longa e saudável é o sonho da maior parte das pessoas. No Japão, não é diferente. Até porque, trata-se do segundo país do mundo em termos de longevidade.

Os dados mais recentes divulgados pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-estar do Japão mostram que a expectativa de vida das japonesas é de 87 anos. Entre os homens, a média é de quase 81 anos.Um levantamento de 2014 mostrava que no Japão existiam mais de 59 mil pessoas centenárias, em sua grande maioria mulheres.

Envelhecer com saúde e bem-estar no Japão é levado bastante a sério. Há até um dia dedicado a comemorar o respeito ao idoso, o Keiro no shi. Existe também uma comemoração especial quando as pessoas chegam aos 100 anos; o Hakusai Shosho.

Confira algumas das razões da alta expectativa de vida dos japoneses:


Prática regular de exercícios

Idade não é sinônimo de sedentarismo. Além de começarem o dia se exercitando ao som do programa de ginástica da Taiso, a maioria dos japoneses faz caminhadas e cuida pessoalmente de seus jardins e hortas.


Preocupação com a saúde

Os japoneses estão muito atentos à saúde. É muito comum ver pessoas usando máscaras protetoras das vias respiratórias em locais públicos para evitar contágio de vírus e bactérias. Eles também lavam as mãos com muita frequência para evitar doenças.


Alimentação saudável

Os japoneses geralmente consomem pouco sal, açúcar e gorduras. A dieta é rica em vegetais fermentados, fibras, arroz e peixe, rico em ômega 3. É mais comum que a sobremesa seja uma fruta e não um doce. A soja e a alga estão presentes no cardápio. Entre outros benefícios, ela ajuda no combate ao colesterol ruim.


Segredo na alimentação

Além da dieta saudável, há uma prática famosa entre os japoneses que se chama Hara hachi Bu, também conhecida como 80/20. Segundo essa prática, deve-se parar de comer quando se sentir 80% saciado, o restante é gula.


Consumo do chá verde

A ingestão regular de chá verde pode ajudar a emagrecer, fortalecer a imunidade, purificar o fígado e auxiliar no combate ao câncer. O chá verde é antioxidante.


Banhos quentes

Seja em termas públicos ou ofurôs residenciais, os banhos longos e mornos são bastante apreciados. Aliviam dores, relaxam e ajudam no metabolismo. No banho de ofurô tradicional, a temperatura fica por volta dos 40º C.


Exames preventivos regulares

Até nas empresas e escolas os exames médicos regulares são constantes. O controle de taxas e medidas é rigoroso, inclusive dos centímetros da cintura.