Os princípios da arte japonesa

arte, cultura, estética, mundo, olhar, natureza, tradução, elegância, atraente, elogio

Ao se perguntarem o que é a arte, os japoneses listaram ideais estéticos que, por meio de conceitos, definem o que é o belo para a cultura japonesa.

No total, existem 9 estéticas. As 3 mais conhecidas são: wabi-sabi, myiabi e iki. Confira o que elas significam e como são interpretadas nos diversos formatos da arte:

1- Wabi-sabi (imperfeito)

O wabi-sabi transmite a visão do mundo japonês, um olhar de aceitação para coisas momentâneas. Seu significado vem do ensinamento budista de que tudo que é imperfeito na vida se torna mais interessante. O festival de flores de cerejeira é um exemplo: apesar de parecer uma perfeição da natureza, é imperfeito por ter seu ciclo passageiro.

2- Miyabi (refinamento)

Na tradução livre, a palavra miyabi quer dizer elegância, uma atitude de cortesia. Sua função na arte japonesa é eliminar o que seria vulgar e bruto dentro de uma obra de arte.

3- Iki (originalidade)

Etimologicamente, a palavra iki significa puroEsse ideal estético tem como expressão a simplicidade, sofisticação, espontaneidade e originalidade. É comum usar esse conceito para descrever algo atraente e, quando direcionada a uma pessoa, é considerada um grande elogio (Fica a dica!).