O brilho das lulas vaga-lumes

poesia, livros, textos, poema, amor, publicações

Você já teve a impressão de viver algo mágico e, ao mesmo tempo, inexplicável? Esse pode ser um dos sentimentos que as lulas vaga-lumes causam quando são vistas pela primeira vez. Isso porque elas têm uma espécie de luz neon que as fazem brilhar no mar formando um verdadeiro show da natureza. Essa iluminação serve para se comunicar, despistar possíveis predadores e conseguir presas.

 

Normalmente, as hotaru Ika (lulas vaga-lumes) vivem a 1.200 km de profundidade, mas, de março a junho, são levadas pelas ondas até a superfície para desovar. Esse movimento atrai muitos turistas na orla da praia em Honshu, uma das maiores ilhas do arquipélago japonês. Porém, ele representa o início e o fim de um ciclo de vida.

 

Após colocarem seus ovinhos, as lulas-mães morrem e tornam-se alimento a outros animais marinhos. Os pescadores do local também aproveitam a oportunidade para pegá-las, já que a espécie é uma iguaria em Toyama, capital da ilha.

E o show não acaba na praia! O Hotaru Ika Museum é um lugar dedicado à lula vaga-lume. Durante a temporada, o espaço apresenta exposições, shows e pratos temáticos feitos com o molusco.