Dicas para economizar com hospedagem no Japão

vitrola, a laser, Japão, disco de vinil, LP,  vinis, toca-discos, aparelho de som, tecnologia avançada, ritual, curtir uma boa música, nova tecnologia, como funciona, digitalizar, vantagens, qualidade, durabilidade, comprar

Existem várias formas de economizar dinheiro durante uma viagem.

Pensando nisso, separamos 7 dicas para quem quer ir para o Japão. Confira:


1 - CouchSurfing

O CouchSurfing é uma rede social que oferece serviço de hospedagem gratuita em mais de 180 países.
Uma ótima oportunidade para quem quer conhecer melhor a cultura japonesa e conviver com os moradores locais.

Para fazer reservas, é só entrar no site, criar um perfil e falar com as pessoas que moram no lugar que pretende ir.

Na página de quem aluga, você confere o tipo de espaço e as exigências. Gostou? Então, cadastre-se: https://www.couchsurfing.com/places/asia/japan/tokyo


2 - WWOOF Japan

Essa é uma opção para quem quer fazer trabalho voluntário. O World Wide Opportunities on Organic Farm oferece oportunidades em casa de família, empresas ou fazendas. O programa custa 5.500 ienes.


3 - Hotel em cápsula

Quartos compactos, banheiros compartilhados e cama com alguns equipamentos eletrônicos. O espaço é limitado e bem confortável. Por noite, os preços variam de 2 a 5 mil ienes. Além de o valor ser bem atrativo, esses hotéis ficam localizados perto das estações de trem – o que facilita o acesso aos pontos turísticos.


4 - Pensão

Para quem gosta do estilo oriental das casas japonesas, essa é a melhor opção. Os quartos são simples e oferecem televisão, aquecedor, café da manhã e jantar por cerca de 6 a 12 mil ienes por pessoa.


5 - Hostel

Espaço para 4 a 8 pessoas, com cozinha e banheiro compartilhados, o hostel é uma boa saída para quem não se preocupa com conforto e está aberto para conhecer pessoas do Japão e de outros lugares do mundo. O preço é bom: por pessoa, uma noite pode custar de 1,5 a 4 mil ienes.


6 - Ficar em casa de família: homestay

Que tal ir para a Terra do Sol Nascente e ficar em uma casa tradicional japonesa? O programa homestay dá a oportunidade de conviver com famílias locais, aprender mais sobre a cultura e praticar o idioma. Dependendo da casa, o valor varia de 3 a 20 mil ienes por semana.


7 - Shukubo

Passar uma noite em um alojamento budista, comer comida vegetariana e participar das orações matinais. De 8 a 20 mil ienes por noite, você pode experimentar esses costumes e relaxar para continuar sua viagem.


* Para saber o preço em real, basta dividir o valor em iene por 35.

Exemplo: 2.000 ienes / 35 = R$ 571,42