O Judô – O esporte com maior número de medalhas olímpicas do Brasil

O Judô – O esporte com maior número de medalhas olímpicas do Brasil

Modalidade chegou ao país através da imigração japonesa no século passado

Durante as Olímpiadas Rio 2016, o judô voltou a conquistar a posição do esporte que maDurante as Olímpiadas Rio 2016, o judô voltou a conquistar a posição do esporte que mais ganhou medalhas para o Brasil. Até o início dos Jogos na Cidade Maravilhosa, a modalidade trouxe 19 medalhas para o País, e durante a edição 2016 conquistou mais 3, sendo uma de ouro, com Rafaela Silva, e duas de bronze, com Mayra Aguiar e Rafael Silva.

O caminho de glória do judô no Brasil começou em 1972, durante os Jogos de Munique, quando o judoca japonês naturalizado brasileiro Chiaki Ishiii trouxe a primeira medalha, de bronze, na categoria meio-pesado. O primeiro ouro viria 16 anos depois, com Aurélio Miguel, durante a Olímpiada de Seoul. Depois disso, vieram mais dois campeões olímpicos: Rogério Sampaio, em 1992, e Sarah Menezes, nos Jogos de Londres 2012.

São números expressivos para um esporte que chegou ao País no início do século passado, junto com a imigração japonesa. A modalidade só passou a ter reconhecimento no Brasil a partir de 1930, quando as práticas começaram a ser organizadas por aqui e quando surgiram os primeiros instrutores e escolas. As competições e os torneios ficaram sob responsabilidade da Confederação Brasileira de Pugilismo, até a criação da Confederação Brasileira de Judô, em 1969, o que impulsionou a evolução do esporte.