Nabemono, a típica comida do inverno japonês

comida, refeições, prato, alimentos, carne, macarrão, restaurantes

Refeições quentes, como o ensopado, podem ajudar a combater o frio, durante o inverno, em países como o Japão. É o caso do Nabemono, um dos pratos mais consumidos para aquecer. O cozimento dos alimentos, feitos em panelas de barro (Donabe) ou de ferro fundido (Tetsunabe) para manter o calor dos alimentos, é um dos segredos da iguaria japonesa.

 

Para fazer o ensopado são diversas combinações - carne bovina, frutos do mar, tofu, macarrão e legumes. Existem misturas regionais que levam ingredientes específicos de cada região, como a cidade de Okasa que tem o Yosenabe, variedade que leva peixes e frutos do mar com macarrão de Udon - que tem uma massa mais grossa.

 

O gesto de compartilhar, com a família e os amigos, faz da comida um fator social peculiar sobre a história do Nabemono. Antigamente, a tradição era comer em volta de uma fogueira, onde a panela ficava no centro e todos se serviam. Atualmente, a comida fica sobre um fogão portátil e é colada no centro da mesa. Durante a refeição, conforme o ensopado é consumido, as pessoas colocam mais ingredientes na panela. A prática estimulava as pessoas a serem mais cooperativas e divertidas.

 

Existem restaurantes especializados em cozinhar os ensopados. No cardápio, as opções mais famosas são as que levam carne bovina, chamados de Sukiyaki e Shabu-shabu. Também tem o Yosenabe - com peixes e frutos do mar, Yudoufu - com tofu, oden, ovos, massas, peixe e alga kombu. Os pratos ganham fama por serem os mais pedidos pelos japoneses. Todos eles sempre bem acompanhados de molho tarê, com a base de shoyu, missô ou ponzu e calda de laranja amarga misturada com vinagre.

 

Ficou com vontade? Faça na sua casa, comprando os ingredientes certos você mesmo pode produzir seu Nabemono.