Pavilhão Japonês retrata o símbolo da amizade Brasil-Japão

Pavilhão Japonês retrata o símbolo da amizade Brasil-Japão

Uma das maneiras mais tradicionais do Japão consolidar a relação de amizade com outro país é construindo um monumento chamado Pavilhão Japonês no território amigo, e o Brasil está entre as nações do mundo que receberam a honraria. A estrutura fica no Parque Ibirapuera, em São Paulo, e é uma opção de lazer na cidade.

Construído em 1954 pelo governo japonês junto com a comunidade nipo-brasileira, o Pavilhão foi uma doação ao município paulista em comemoração aos seus 400 anos de fundação. Desde 1955, a Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo) tem sido responsável pela administração, manutenção e promoção de eventos no local e, para preservar suas características, o monumento ganhou, recentemente, uma revitalização.


“Temos uma grande e profunda admiração pelo Pavilhão Japonês. Além de ser um grande marco para o município, relembra todo o esforço dos imigrantes japoneses que aqui se estabeleceram”, explica a presidente do Bunkyo, Harumi Goya.

Muitos imigrantes atuaram como voluntários para auxiliar o corpo técnico vindo do Japão especialmente para construir o Pavilhão. O lugar foi erguido com matérias-primas como madeira, pedras vulcânicas e lama da província japonesa Kyoto, que dá textura às paredes, e, para isso, foram usadas técnicas tradicionais de construção.

A arquitetura foi inspirada no Palácio Katsura, antiga residência de verão do Imperador do Japão. Ele ocupa uma área às margens do lago do Parque Ibirapuera e é composto por um edifício principal suspenso, um salão nobre e diversas salas anexas, incluindo uma sala de cerimônia do chá, salão de exposição, jardins, além de um belo lago de carpas.

Pavilhão Japonês
Local: Parque do Ibirapuera – Portões 3 e 10 (Av. Pedro Álvares Cabral, sem número)
Funcionamento: quarta, sábado, domingo e feriado
Horário: das 10h às 12h e das 13h às 17h
http://www.bunkyo.org.br/pt-BR/pavilhao-japones