Smartphone à prova d’àgua

Smartphone à prova d’àgua

A tecnologia está em constante evolução. Para acompanhar todas as necessidades dos seres humanos, os eletroeletrônicos estão cada vez mais resistentes. O contato do aparelho celular com a água, por exemplo, já foi um problema, mas passou a ser o diferencial de algumas marcas que, há aproximadamente 3 anos, começaram a comercializar modelos com essa característica.

Uma das primeiras a lançar a novidade foi a Sony, com um aparelho que prometia chegar a 1,5 metro de profundidade e permanecer submerso por até 30 minutos. A Samsung também trouxe essa opção ao mercado e, mais recentemente, a Apple mostrou que até o novo iPhone 7 pode ser molhado– embora, a marca ainda não se responsabilize, caso não volte a funcionar.

Com tantas opções, molhar o aparelho está perdendo o posto de novidade. O que deve vir em seguida é o modelo que pode ser enxaguado com água e sabão. A notícia foi divulgada pelo presidente da empresa global Kyocera, Goro Yamaguchi, sobre o novo celular da marca Rafre, que será resistente também à espuma de sabonete.

A inovação vai abranger a capacidade de touch, que além de ser lavável e ter resistência à água quente, irá atender aos comandos dos dedos com as mãos molhadas ou até mesmo com luvas. O lançamento no Japão estava previsto para março de 2017, mas ainda não há data definida para a chegada no Brasil.